Buscar
 

Arquivo de Notícias

03/05/2019

Panfletagem busca conscientizar sobre a doença celíaca

Com o intuito de fornecer informações sobre a doença celíaca, foi realizada uma panfletagem na porta da Câmara Municipal na manhã desta sexta-feira, 3. A ação é uma iniciativa do vereador Fiorilo (PTC) para divulgar dados e os principais sintomas da doença, que é causada pela intolerância permanente ao glúten.

A doença celíaca é autoimune e de predisposição genética, sendo uma reação do sistema imunológico ao glúten. Os celíacos não tem a enzima responsável por quebrar o glúten, o que causa lesões e prejudica o funcionamento do intestino delgado. Os principais sintomas são dor abdominal, fraqueza, anemia, gases, queda de cabelo, perda de peso, lesões na pele, infertilidade e perda de apetite.

Para tratar a doença, é preciso realizar dieta isenta de glúten por toda a vida. Algumas opções para substituir alimentos que contém glúten é o consumo de mandioca, batata, arroz, quinoa, amaranto e linhaça, assim como os derivados desses alimentos.

Com a doença diagnosticada há 11 anos, Ana Luiza conta que descobriu que era celíaca após o resultado de um exame de sangue pedido pelo gastroenterologista. Hoje, já adaptada com a nova alimentação, participou da panfletagem. “Aos poucos a gente vai aprendendo várias coisas e tenta levar isso para as pessoas também. Quando eu fui diagnosticada, tive que começar a entender o que eu precisava fazer para parar de sentir os sintomas e ter mais qualidade de vida. Então precisei saber o que é glúten e onde encontrar alimentos sem essa proteína”, conta.

Desde 2015, Juiz de Fora celebra o “Dia Municipal do Celíaco” em 5 de maio. A data foi instituída pela lei n° 13.048, de autoria do vereador Fiorilo. O objetivo é espalhar o conhecimento sobre a doença, promovendo campanhas, palestras, exposições e outras atividades que incentivem a discussão sobre o assunto.

Na justificativa do projeto de lei, Fiorilo ressalta que a doença ainda é preciso conscientizar a população sobre a gravidade da doença. “Existindo um dia de alerta municipal sobre a doença, certamente serão adotadas medidas preventivas que sensibilizarão aos que sejam potencialmente portadores da doença para evitar o uso do glúten, sendo a única forma de tratamento”, defendeu.

 

Informações: 3313-4734 / 4941 - Assessoria de Imprensa

 

Visualizada pela 149ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons