Buscar
 

Arquivo de Notícias

05/11/2019

Semana da Comunicação debate 50 anos do Jornal Nacional

Professores, jornalistas e alunos de comunicação de Juiz de Fora analisaram o jornalismo audiovisual e a experiência do JN

 

Os 50 anos do Jornal Nacional foi o tema da abertura da “II Semana de Comunicação Social Márcio Guerra” promovida pela Câmara Municipal. Estavam presentes os professores da UFJF, Márcio de Oliveira Guerra, Flávio Garoni, Iluska Coutinho, Cristina Musse, Gilze Bara e Fernanda Lilia. O vereador e autor da lei que instituiu a Semana, Wanderson Castelar (PT), destacou a necessidade de se discutir temas que permeiam os trabalhos do Poder Legislativo e a vida cotidiana. Além do vereador, o secretário de Comunicação da Prefeitura, Ricardo Miranda, e o professor Márcio Guerra, que dá nome à Semana, abriram a sessão solene de abertura. Ambos destacaram o momento preocupante para o jornalismo com ataques reiterados ao trabalho da imprensa e à democracia. 

50 anos do Jornal Nacional

Primeiro de setembro de 1969. O Jornal Nacional entrava no ar pela primeira vez. Para discutir a história do telejornal, o Plenário da Câmara recebeu as jornalistas Iluska Coutinho, Cristina Musse, Gilze Bara e Fernanda Lilia.

Além de ressaltar o padrão de qualidade do Jornal Nacional, as profissionais enfatizaram a importância do telejornal para a sociedade brasileira. A professora do CES, Gilze Bara, ressaltou que o Jornal Nacional tornou-se sinônimo de telejornal, possuindo elementos que se confundem com o próprio gênero. 

"Falar sobre o jornal nacional é falar sobre transformações históricas na tecnologia, no telejornalismo e na sociedade brasileira", afirmou a professora da UFJF, Iluska Coutinho. Ela pontuou que é importante enxergar o telejornalismo, também, como um meio de democratizar o conhecimento. 

A professora da Faculdade de Comunicação da UFJF, Christina Musse, apresentou o script do primeiro Jornal Nacional. Ela destacou que, nesse primeiro momento, apresentava uma ligação intrínseca com a Ditadura Militar, que reforçava a busca por falar para vários lugares do Brasil. "O Jornal Nacional não começou falando para o Brasil inteiro. Começou falando apenas para as capitais de certos estados, que estavam ligadas em rede", enfatizou. 

O papel do Jornal Nacional para unir diversas regiões do país foi ressaltado pela diretora de comunicação da TV Integração, Fernanda Lilia. "O Brasil era um país que não se conhecia, o Norte não conversava com o Sul. O Jornal Nacional foi o primeiro a transmitir para todo o Brasil. Isso foi muito importante não só para a comunicação, como também para unir o Brasil."

A jornalista também falou sobre o novo projeto do Jornal Nacional, que este ano está levando jornalistas de todos os estados do país para apresentarem o programa. Fernanda ressalta que o projeto é ousado e reflete a necessidade do Jornal Nacional reforçar o seu papel unificador através da valorização do jornalismo local. A Semana de Comunicação continua até a próximo sábado, 9. 

Veja a programação:

Dia 5/11 - terça-feira - às 15h no Plenário da Câmara Municipal

Painel: Desafios do Jornalismo Esportivo

Palestrantes:  Matheus Brum e Henrique Fernandes

Dia 6/11 - quarta-feira - às 19h na Faculdade Estácio de Sá

Palestra: Desafios do telejornalismo. Caminhos e Estratégias

Palestrante: Flávia Travassos

Dia 7/11 - quinta-feira - às 15h na Faculdade de Comunicação Social da UFJF

Palestra: Diversidade na Terceira idade

Palestrante: Yuri Fernandes

Dia 8/11 - sexta-feira - às 09h30 no Ces Estrela Sul

Palestra: Cobertura Política nas Últimas Décadas em Brasília

Palestrantes: Geiza Duarte e Paulo Roberto Figueira Leal

Dia 9/11 - sábado - às 10h no Fórum da Cultura da UFJF

Roda de Conversa: As Perspectivas do Jornalismo

Participantes: Flávia Travassos e Geiza Duarte

 

 Informações: 3313-4734 / 4941 - Assessoria de Imprensa






 

Visualizada pela 178ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons