Buscar
 

Arquivo de Notícias

09/01/2020

Vereadores recebem reivindicações de comunidade escolar do Hermenegildo Vilaça para manutenção de ensino regular

Governo de Minas determinou extinção das turmas do ensino fundamental e implantação de tempo integral no Ensino Médio 

 

Em reunião com o colegiado e comissão de pais de estudantes da Escola Estadual Hermenegildo Vilaça, a vereadora Ana do Pde. Frederico (MDB) e os vereadores Júlio Obama Jr. (Podemos) e Vagner de Oliveira (PSC) receberam as reivindicações da comunidade escolar sobre as alterações feitas pelo Governo de Minas, que pretende extinguir as séries de Ensino Fundamental e implantar o Tempo Integral no Ensino Médio.

Para o presidente da Comissão de Educação, vereador Júlio Obama Jr., o problema é a falta de planejamento. “Vamos cobrar da superintendência, da Secretaria de Educação do Estado, que antes que eles fizessem essa imposição, que eles considerassem a realidade local”, lembrando que muitos jovens participam de programas como Jovem Aprendiz e serão prejudicados. “A escola quer o Ensino Médio integral, mas quer manter também suas turmas de Ensino Fundamental, atendendo inclusive uma demanda social da região”, defendeu.

A vereadora Ana do Pde. Frederico observa que com a extinção das turmas do Ensino Fundamental muitas crianças vão precisar pegar ônibus para se deslocarem até outros bairros ou até mesmo ao Centro de Juiz de Fora para estudar, sendo uma preocupação para os pais. “Como uma criança de dez ou onze anos, além de ter o gasto da passagem de ida e volta, vai sozinho e volta pra cidade?”, ponderou a vereadora.

Ela ressaltou ainda que “é necessário que a escola tenha o espaço físico para atender os alunos que já estão matriculados, e possam então implantar Tempo Integral” salientando que a escola não conta com área para recreação e está em situação de precariedade física. A vereadora Ana defende também que o Governo de Minas implante sim o programa, porém em escolas que tenham condições de recebê-lo. “O programa em si é excelente, mas é bom que seja feito de baixo para cima, que ouça a comunidade escolar, os professores, o diretor, que ouça todo mundo primeiro, para depois implantar o programa - que é muito válido, mas teria que ser em uma escola com espaço físico apropriado”, finalizou. 

De acordo com o vereador Vagner de Oliveira, sabe-se que também serão feitas mudanças nas escolas Manuel Carneiro, em Paula Lima; Cândido Motta, em Santa Cândida e Dilermando Costa, no Linhares. “Muitos alunos vão ter que pagar passagem para se deslocar e terão essa dificuldade, não podemos prejudicar nossos jovens", defendeu. A comunidade do bairro Grama montou um abaixo-assinado na esperança de sensibilizar o Governo do Estado e o presidente da Comissão, vereador Júlio Obama Jr., informou que serão feitas algumas visitas para que o Legislativo entenda o impacto da determinação do Governo de Minas na vida escolar das comunidades, inclusive na zona rural. 

 

Informações: 3313-4734 / 4941 - Assessoria de Imprensa

 

 

Visualizada pela 289ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons