Buscar
 

Arquivo de Notícias

20/05/2020

Santa Casa de Misericórdia e Hospital São Vicente de Paula recebem visita do Fiscaliza JF

Santa Casa registrou até às 11h15min desta quarta-feira, 713 casos assintomáticos e 48 confirmados de COVID-19, sendo 2 óbitos. HSVP realizou medidas emergências para melhor receber pacientes com sintomas respiratórios ou com suspeitas da COVID-19


Desde o primeiro caso do novo Coronavírus em Juiz de Fora os hospitais da região tentam se adequar para receberem pacientes com suspeitas e confirmações da COVID-19 a fim de evitarem a propagação do vírus dentro das unidades de saúde. A Santa Casa de Misericórdia e o Hospital São Vicente de Paula (antigo HTO) receberam a visita da equipe do Fiscaliza JF na manhã desta quarta-feira, 20, acompanhada dos vereadores Luiz Otávio Fernandes Coelho - Pardal (PSL), Cido Reis (PSB), André Mariano (PSL) e da vereadora Ana do Pde. Frederico (PATRIOTA). 

O médico e presidente da Santa Casa de Misericórdia, Renato Loures, destacou que a instituição é a maior da Zona da Mata e tem procurado manter a separação e o isolamento dos possíveis casos de pacientes com o Coronavírus ou com síndrome respiratória aguda. De acordo com ele o paciente que chega assintomático tem atendimento especial e isolamento imediato. A Instituição possui hoje 10 leitos de UTI separados para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), mas que atualmente estão vagos. “Não fazemos distinção de pacientes. O mesmo atendimento que é fornecido no particular é dado ao paciente do SUS. Não há discriminação”, enfatizou, dizendo ainda que a Santa Casa, mesmo não sendo um hospital de referência, tem capacidade para acrescentar mais 16 leitos de UTI e que caso houvesse um caos no sistema, poderia ampliar para 40 leitos de UTI diante de recursos oriundos da Secretaria de Saúde.

Diante de relatório a Santa Casa de Misericórdia registrou até às 11h15 desta quarta-feira, 713 casos assintomáticos, 48 casos confirmados de COVID-19 na unidade. Registou dois óbitos confirmados (pacientes com comorbidades), e, atualmente, 10 pessoas estão internadas na UTI, sendo que dois casos foram descartados, quatro confirmados e os outros quatro aguardam exames que são realizados pela Fundação Ezequiel Dias. Os pacientes internados na UTI são da rede privada. Sobre os colaboradores, Renato frisou que cerca de 200 funcionários estão afastados pois pertencem ao grupo de risco e 20 estão em isolamento com suspeita da COVID-19.  

O presidente da Casa, vereador Pardal, disse que se sente satisfeito com a visita, visto que a Instituição apresentou números positivos em relação aos leitos e pronta para atendimento à população. “A Santa Casa está devidamente adequada, tem os leitos necessários para realizar um bom atendimento”, falou o vereador, apontando que é necessário que a população continue mantendo o cuidado necessário. “É preciso que cada pessoa faça a sua parte, como o uso de álcool em gel e manter o isolamento social, para que possamos sair o mais rápido possível dessa situação de pandemia”.

Já a vereadora Ana do Pde. Frederico enfatizou que o intuito da visita é verificar a estrutura em relação aos leitos de enfermaria e dos quartos para recebimentos desses pacientes. “O hospital está preparado para uma possível situação de maior gravidade [...] estamos tranquilos em relação à situação da Santa Casa, pois estão prontos para o atendimento à população”.

"Todos nós estamos preocupados. Precisamos dar atenção, mas de certa forma queremos tranquilizar a população [...] a situação aqui está controlada e não precisamos ficar tão preocupados com os números. Mas é importante tomar os cuidados e as mesmas precauções contra o Coronavírus”, disse o vereador André Mariano.

Em visita ao Hospital São Vicente de Paulo os vereadores foram recebidos pelo diretor administrativo Marconi Andrade Soares e pelo médico e diretor Guilherme Fellet Soares. Em reunião ambos relataram as providências tomadas pela Instituição durante o período de pandemia e adiantaram que todas as medidas emergenciais foram tomadas para melhor receber pacientes com sintomas respiratórios ou com suspeitas da COVID-19. “Adequamos as estruturas da unidade, incluindo as visitas aos pacientes internados e o fluxo de pacientes que chegam para atendimento na triagem”, disse o médico e diretor Guilherme Fellet, ressaltando também que foi refeita a adequação também para que todos os colaboradores façam o uso correto dos equipamentos de proteção individual (EPI), de acordo com as solicitações exigidas pela Anvisa. “Continuamos com o nosso trabalho junto aos nossos colaboradores e pacientes, tentando sempre combater a COVID-19 por meio da prevenção”.

O servidor da Casa e membro do Fiscaliza Guilherme Martins destacou que irá elaborar um relatório evidenciando tudo que foi realizado durante a visita e irá encaminhar ao Executivo para mais pedidos de informação.


Informações: 3313-4734 / 4941 - Assessoria de Imprensa

Visualizada pela 115ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons