Buscar
 

Arquivo de Notícias

25/07/2018

PL que institui o Dia de Informação e Conscientização sobre a Endometriose é sancionado pelo Executivo

O Projeto de Lei (PL) nº 43/2018, de autoria do vereador Antônio Aguiar (MDB), foi sancionado pelo prefeito Antônio Almas. A proposta deste PL é a de instituir o “Dia de Informação e Conscientização sobre a Endometriose”, a ser comemorado anualmente no dia 1º de março, com esta data passando a integrar o calendário oficial do município. 
 
Segundo justificativa apresentada pelo vereador, os principais objetivos deste projeto são os de proporcionar, além da informação e do conhecimento, a discussão para que as mulheres tenham assistência médica e multidisciplinar, pois existem outras terapias como fisioterapias específicas, tratamentos psicológicos que podem ajudar as mulheres, garantindo-lhes a busca de um tratamento de qualidade e de respeito às suas necessidades. 
 
Outro ponto destacado para demonstrar a importância desta Lei, foi em relação ao tempo médio de diagnóstico da doença. Atualmente a média de tempo do diagnóstico demora entre sete e 12 anos, e o tratamento da endometriose, seja por meio de medicação e às vezes até por procedimento cirúrgico, pode levar a cura dessa doença.
 
Com a instituição desta Lei, serão promovidos debates sobre a assistência médica e multidisciplinar que existem e que possam ajudar às mulheres acometidas de Endometriose. Também será solicitada a inclusão de Juiz de Fora no movimento mundial chamado “Endomarcha Mundial da Endometriose”, além do reconhecimento da Endometriose como problema social de saúde pública.

 
O que é a Endometriose?
 
A endometriose é uma afecção exclusiva da população feminina que caracteriza por um crescimento anormal do endométrio que é a parte do revestimento interno do útero, para fora do útero, normalmente ovário, peritônio, intestino e outros órgãos.
 
Os sintomas principais dessa doença são dor, principalmente durante a menstruação. Em processos mais avançados essa dor pode atingir toda a pelve, coluna, região do reto, produz cólicas menstruais intensas e de difícil controle, interfere na relação sexual, pois pode levar a dor, trazer problemas na defecação nessas mulheres com alterações de constipação intestinal ou às vezes diarréias, sangramento, infertilidade, dificuldade de urinar e até alterações do sono, sendo que os dois sintomas mais comuns a infertilidade e essas cólicas de difícil controle.
 
A endometriose é uma doença que tem características genéticas, ou seja, se a mãe ou outras mulheres na família são acometidas da doença, essa mulher tem chance maior de ter endometriose, podendo às vezes sinalizar no início da vida menstrual da menina ou adolescente, quando as dores já são de intensidade muito grande.

 
Informações: 3313-4734 / 4941 – Assessoria de Imprensa

Visualizada pela 184ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons