Buscar
 

Arquivo de Notícias

13/03/2019

Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social ministra palestra no Câmara Sênior

De olhos atentos e caneta a postos para as anotações, dona Clélia Costa absorveu o máximo de informação possível em mais uma edição do Câmara Sênior, realizada na tarde da última terça-feira, 12, na Escola do Legislativo Professor William Coury Jabour. “Gostei muito da palestra. Eu nunca soube bem sobre o funcionamento de instituições de longa permanência. E foi muito bom saber que existem pessoas lutando para que isso seja uma realidade viável para nós, para nossa qualidade de vida e para que a gente conquiste o cuidado merecido. Descobrimos também sobre os esforços para a construção de um espaço em que a gente possa ficar durante o dia. Foi muito esclarecedor”, afirma a aposentada, que há dois anos está entre os idosos envolvidos no projeto.

A opinião de dona Clélia foi compartilhada pelos demais participantes do evento, que contou com a presença do coordenador da Política dos Direitos da Pessoa Idosa e presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Rogério de Souza Rodrigues. Na ocasião, ele falou sobre o funcionamento e atribuições das Instituições de Longa Permanência para Idosos, as legislações voltadas para a assistência à pessoa idosa, além de outros assuntos pautados pelos próprios participantes, configurando um bate-papo repleto de reflexões.

“Fazer essa interlocução com esse grupo que se mostra tão politizado e crítico é muito gratificante, porque a gente traz nossas contribuições para a construção de políticas públicas intersetoriais, sólidas, exequíveis, entendendo que é possível nos mobilizarmos”, salientou o palestrante do dia.

Sobre o debate e as legislações voltadas para o público idoso, ele acrescentou: “Temos leis municipais, estaduais e federais que precisam ser constantemente fiscalizadas e denunciadas mediante casos de violações. Cabe ao poder público a absoluta transparência na execução das políticas públicas, assim como cabe ao controle social sua fiscalização. Por isso, é importante que o Câmara Sênior esteja sempre em contato com a Comissão Permanente dos Direitos da Pessoa Idosa, Conselho do Idoso, Coordenadoria em Defesa dos Direitos dos Idosos, Ministério Público entre outros, de forma propositiva, ajudando na construção de novas legislações. E isso tem sido feito de uma forma muito positiva e eficiente pela Câmara Municipal”, explicou ainda Rogério.

Outro assunto tratado foi a proposta de criação de um espaço de cuidados dia em Juiz de Fora, previsto para este ano ainda, onde, em tese, os idosos poderão ter acesso a inúmeras formas de assistência por meio de profissionais especializados e um ambiente capaz de favorecer a sua adaptação nessa nova fase da vida.


Informações: 3313-4734 / 4941 - Assessoria de Imprensa
 

Visualizada pela 109ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons